Prudência ou loucura

O Desespero por falta do combustível

O tanque quando está abaixo de ¼ pode também comprometer o funcionamento da bomba de combustível, já que ela é elétrica e lubrificada pelo próprio combustível. “Com o tanque quase seco, a bomba pode começar a trabalhar em altas temperaturas e ter sua vida útil reduzida”, diz Daniel Lovizaro, Chefe de Assistência Técnica da Divisão Automotiva da Bosch. – Fonte: Canarinho Press/ Portal Terra

A parábola das dez virgens – Mt 25: 1-13

Resumo 

A meia noite é o momento profético falado pelo Senhor Jesus, referindo-se ao momento atual, fim dos tempos, quando o terror das trevas está em evidência. Nesta última hora, devemos estar cheios do Espírito Santo, preparados para sermos identificados quando o Senhor Jesus voltar.

Introdução 

Texto: Mt 25: 1-13 

Então o Reino dos Céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do noivo.2- Cinco eram insensatas e cinco, prudentes.3- As insensatas, ao pegarem as lâmpadas, não levaram azeite consigo,4- enquanto as prudentes levaram vasos de azeite com suas lâmpadas.5- Atrasando o noivo, todas elas acabaram cochilando e dormindo.6- Quando foi aí pela meia-noite, ouviu-se um grito: O noivo vem aí! Saí ao seu encontro!7- Todas as virgens levantaram-se, então, e trataram de aprontar as lâmpadas.8- As insensatas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão se apagando.9- As prudentes responderam: De modo algum, o azeite poderia não bastar para nós e para vós. Ide, antes, aos que vendem e comprai para vós.10- Enquanto foram comprar o azeite, o noivo chegou e as que estavam prontas entraram com ele para as bodas. E fechou-se a porta. 11- Finalmente, chegaram as outras virgens, dizendo: Senhor, senhor, abre-nos! 12- Mas ele respondeu: Em verdade vos digo! não vos conheço!13- Vigiai, portanto, porque não sabeis nem o dia nem a hora”

Esta parábola fala da importância de estarmos sempre preparados para o casamento que se dará muito em breve.

Deveremos estar com as nossas candeias acesas e com a reserva ao longo da nossa caminhada. Quantos verificam, por ocasião do seu caminhar, que seu coração está completamente vazio! A chegada do noivo não pode ser determinada por nós. De nada adiantarão bons propósitos, aspirações, sonhos, se não estiver com as candeias preparadas para que o noivo possa reconhecer a sua noiva, que é a igreja.

As virgens representam as pessoas que buscam resguardar-se das corrupções do mundo, com conhecimento de vida eterna com Deus: as insensatas simbolizam os que, apesar das aparências, não têm raízes, não têm o conhecimento interior necessário, ou seja, as virtudes de conhecer a Deus e andar no caminho. Já as prudentes retiveram o que era de mais precioso que é andar na obediência à revelação do Espírito Santo de Deus

O azeite que as virgens prudentes carregavam em suas lâmpadas são: o temor a Deus, jejum, oração, as virtudes, gratidão, intimidade, a renúncia, a busca da santidade, a sensibilidade a voz do Espirito Santo , que as tornam diferentes das demais.

O noivo, ansiosamente esperado, é Jesus.

As insensatas, demonstrando sua insensatez, pediram azeite emprestado porque acreditava0m que ele pudesse ser cedido. Estavam muito enganadas! Virtudes são conquistas pessoais e, portanto, intransferíveis.Foi recomendado que elas procurassem os que vendem, ou seja, que elas buscassem adquirir. Existe um preço, portanto, para a conquista das virtudes, e essa conquista demanda tempo, trabalho e dedicação de uma vida em obediência para que a porta “Jesus” não se fecha e fiquemos de fora. 

O Senhor Jesus conta sobre dois grupos de cinco pessoas: dez virgens. Jovens que não haviam se casado. Cinco eram sensatas, prudentes. Cinco eram insensatas (sem juízo), imprudentes, loucas.

Elas estavam se preparando para o casamento e assim preparavam-se para se encontrarem com o noivo.

Elas tomaram suas lâmpadas que eram chamadas candeias.

Estas candeias eram para iluminar o rosto, porque à noite, quando andavam ou iam a uma casa, as candeias eram levadas bem perto do rosto e revelavam quem a usava. Batiam na porta e alguém dizia:

– Quem é?
– Sou eu (e iluminava o rosto)
– (Olha) Pode entrar.

As candeias eram pequenas e devia-se andar com uma botija de azeite de reserva para ir repondo quando o azeite acabava.

As loucas, insensatas, tinham as candeias com um pouquinho só de azeite e não levaram suprimento (mais óleo). As cuidadosas, prudentes, tinham as candeias e azeite de reserva em suas vasilhas.

Jesus contou que ambos os grupos de cinco ficaram esperando, esperando e tosquenejaram. Sabe o que é? Ficaram sonolentas e adormeceram.

Fala de um tempo igual para todos, enquanto esperamos o noivo que é Jesus, que vem buscar a igreja. Não é de adormecer, sono profundo ( é a suspensão temporária das nossas atividades motoras), ou seja quando você dorme,  perde a percepção da sua audição, da sua fala, tato, olfato, etc. Mas é estar aguardando, esperando um acontecimento, o que acontece agora.

Vivemos o mesmo tempo. Então o tempo chegou.

A que horas? Meia-Noite. É a última hora do dia.  Lembre-se que o tempo de Deus é, Kairós: é uma palavra de origem Grega, que significa momento certo ou oportuno.

Cronos: é o tempo medido pelo relógio, calendário, rotina. Como? Vamos ver.

Ouviu-se o grito: Aí vem o Noivo!

É o grito que estamos ouvindo agora. O Espírito Santo avisando. A Bíblia está falando, o pecado cresce, o ensino do mal está aí, as bruxarias, feitiçarias, tantas influencias malignas ensinando as crianças, e a todos. O dia do juízo de Deus está chegando. Vem depressa se abrigar nas asas do Senhor, no seu esconderijo!

Todas se levantaram.

Todas? Sim, as dez. Só que, um grupo,, as cinco insensatas, loucas (porque é louco quem sabe que Jesus vai voltar e não se prepara) descobriram: tinham candeias, mas , vazias.

8b- Dai-nos do vosso azeite, dai-nos, nossas candeias estão secas, vazias, estão se apagando.

Que desespero! As prudentes disseram:

9b- Ide à venda, comprai para vós, porque se tirarmos, faltará a nós e a vós.

Elas não sabiam que o azeite, que nos fala do Espírito Santo, ninguém pode dar, só mesmo Ele, o Espírito Santo pode encher nossas candeias. Então, nessa última hora, candeia vazia, você quer?

10-Correram, foram, e neste exato momento o noivo chegou ,  e as que estavam preparadas entraram para a festa de casamento! E fechou-se a porta.

As atrasadas chegaram; candeias vazias, não havia mais como comprar, era de noite e aquele que dava o azeite estava na festa com o noivo. Sim, porque o Espírito Santo é quem vai levar a igreja e entregá-la ao noivo, que é Jesus.

– Senhor, ouve-nos!

Mas o Senhor nem podia ver o rosto, porque não tinham candeia com fogo para clarear e mostrar seus rostos.

– Não vos conheço!

Então Jesus contou esta lição para todos nós sabermos que é para nos prepararmos. Nossas vidas, nossos corpos, são as candeias e elas têm que estar cheias, acesas, prontas, mostrando que estamos batizados com o Espírito Santo, sendo guiado por Ele. Não faço mais o que eu quero, mas o que Deus revelar. Isto é candeia acesa, pronta para subir e encontrar o noivo que é Jesus.

CONCLUSÃO

Estejam cingidos os vossos lombos, e acesas as vossas Candeias”

O Senhor nos vê quando estamos selados com o Espírito Santo, cheios da luz que vem pela candeia cheia de óleo, com fogo iluminando o rosto, para que o Senhor Jesus nos veja nas trevas deste mundo, mas saibamos que não pertencemos ao mundo, mas a Ele. Amém

Pra. Jeane