Estar cheio do Espírito Santo.

 

Texto: I SAMUEL 16:1: 1 Então disse o SENHOR a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche um chifre de azeite, e vem, enviar-te-ei a Jessé o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei.

Introdução: Para podermos entender esta passagem, precisamos saber um pouco da vida do Rei Saul.  Devido a exigência do povo, o Senhor selecionou um rei para Israel (1 Samuel 8). Ele escolheu Saul, um homem belo de uma família militar.

Saul reinou bem, no princípio, mas gradualmente sua autoconfiança cresceu e sua confiança no Senhor diminuiu. Em 1 Samuel 15 o Senhor ordenou que Saul e seu exército conquistassem os amalequitas, uma nação que tinha atacado erradamente Israel séculos antes (veja Êxodo 17). Deus ordenou que os amalequitas fossem exterminados; nada deveria ser poupado. Em vez disso, Saul poupou o rei e os melhores animais. Agindo assim, ele pecou.

Deus disse a Samuel que fosse falar com Saul, para confrontá-lo por causa das mentiras.

Samuel repreendeu Saul, contrastando sua primitiva humildade com a vontade própria e o orgulho que ele, então, estava demonstrando. Essa dura reprovação penetraria as defesas de Saul e faria com que ele se humilhasse e se arrependesse? Não, Saul endureceu seu coração. Ele reiterou suas desculpas, alegando que tinha de fato obedecido ao Senhor. Ele insistiu que não era sua culpa, uma vez que o povo é que tinha poupado os animais e que tudo, afinal, era para sacrificar. A consciência de Saul era impenetrável. Mais tarde Saul recitaria a palavra “Pequei”, mas somente porque ele queria que Samuel voltasse e o honrasse diante do povo, não porque estivesse arrependido de fato.

Como resultado do coração impenitente de Saul, Deus afastou Seu espírito de Saul, e um espírito mal entrou nele. Daí em diante, a vida de Saul foi torturada e arruinada pela culpa. Ele se tornou paranoico.

Primeiro ponto: Deus chama a atenção de Samuel, o mesmo Samuel que ouviu a voz de Deus na sua infância e obedeceu, agora estava relutando para cumprir as suas ordens. Samuel estava temendo pela sua própria vida, com medo de Saul, que poderia mata-lo.  Essa foi a desculpa que ele tentou dar para Deus. Mas, Deus não está interessado nas nossas desculpas, Ele quer que cumpramos a sua ordem.

Assim como Ele perguntou a Samuel, até quando? Hoje Ele pergunta a você. Até quando????

-ficará sem fazer a minha vontade?

-até quando Deus vai esperar você abandonar o pecado??

– até quando ficará no anonimato??

-até quando ficará se desculpando??tentando transferir as suas responsabilidades, a qual você foi chamado.

-justificativas vazias, até quando????

-sufocando o Espírito Santo, até quando você vai mentindo?? Fugindo da presença Dele.

Te pergunto! Quem é o Saul da sua vida? Ele era a preocupação de Samuel e da sua qual é????  

Lamentações 3: 22/23-As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; 23-Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. 

Segundo PontoO Senhor faz um convite a Samuel. ENCHE O TEU VASO DE AZEITE E VEM!

Ele não falou enche o teu vaso de azeite e vai. Ele diz: VEM PARA QUE EU TE ENCHA DO MEU ESPIRITO E VOCE FAÇA A MINHA OBRA. Quantos estão sendo destruídos porque querem ir primeiro, antes de Deus os enviar., estão mortos espiritualmente, achando que foi Deus que lhes enviou, quando na verdade não foi. O Senhor lhe pergunta hoje!

Está vazio o seu vaso? O Senhor te convida: Vem! Encha-se da minha Palavra, que eu te encherei da Minha Presença, da Minha Unção, do meu Poder e do Meu Espírito.

A missão de Samuel era ungir a Davi, como rei de Israel. Dessa missão dependia todo o povo de Israel, pois Samuel  estava ungindo o futuro Rei de Israel.

Deus também nos confiou uma missão Marcos 16:15– E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Isaías 61:1- O Espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;
2-A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;

Mas como iremos se não estamos preparados, precisamos estar cheios

  1. Cheios da Palavra de Deus
  2. Cheios de azeite
  3. Cheios de Poder
  4. Cheios do Espírito Santo

Efésios 5:18-E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito;

Deus me falou que muitos não sentem mais a sua presença, estão secas, sem unção, muitos estão com enfermidades, achando que é natural, mas o Senhor me falou, que estão em desobediência, estão se afastando dos projetos Dele. Pessoas que estão com suas vidas enroladas, amarradas, parece que nada da certo, financeiramente, familiar, profissional, sentimental, porque não estão fazendo a vontade do Senhor. Muitas vezes, estão dando um tempo, até mesmo no seu chamado ministerial e este tempo está se esgotando.

Quando nós estamos em desobediência, o Espírito do Senhor se afasta e entra um espírito mau, como aconteceu com Saul.

I SAMUEL 16:14– E o Espírito do Senhor se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do Senhor

Conclusão: Não podemos viver uma vida espiritual de aparencia, temos que estar no centro da vontade de Deus. Para que isto aconteça devemos buscá-lo de todo o nosso coração. O Senhor quer te encher nesta noite, com a sua presença. Precisamos nos humilhar e nos arrepender, para ELE poder encher-nos novamente. Amém.

Autora Pra. Jeane