Festa dos Tabernáculos(Sucot ou Cabanas)

Texto: Lv. 23: 33/43- “Disse mais o Senhor a Moisés: Fala aos filhos de Israel, dizendo: Aos quinze dias deste mês sétimo será a Festa dos Tabernáculos ao Senhor, por sete dias. Ao primeiro dia haverá santa convocação: nenhuma obra servil fareis. Sete dias oferecereis oferta queimada ao Senhor; no dia oitavo tereis santa convocação, e oferecereis ofertas queimadas ao Senhor; é reunião solene, nenhuma obra servil fareis.

São esta as festas fixas do Senhor, que proclamareis para santas convocações, para oferecer ao Senhor oferta queimada, holocausto e oferta de manjares, sacrifícios e libações, cada qual em seu dia próprio; além dos sábados do Senhor, e das vossas dádivas, e de todos os vossos votos, e de todas as vossas ofertas voluntárias que dareis ao Senhor.

Porém aos quinze dias do mês sétimo, quando tiverdes recolhido os produtos da terra, celebrareis a festa do Senhor por sete dias; ao primeiro dia, e também ao oitavo, haverá descanso solene. No primeiro dia tomareis para vós outros fruto de árvores formosas, ramos de palmeira, ramos de árvores frondosas, e salgueiros de ribeiras; e, por sete dias, vos alegrareis perante o Senhor, vosso Deus. Celebrareis esta como festa ao Senhor por sete dias cada ano; é estatuto perpétuo pelas vossas gerações; no mês sétimo a celebrareis. Sete dias habitareis em tendas de ramos; todos os naturais em Israel habitarão em tendas; para que saibam que eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito: Eu sou o Senhor vosso Deus”.

Início:     Dentre as três grandes festas comandadas por Deus, a Festa dos Tabernáculos é a de  maior significado profético para nós cristãos. É comemorado no décimo-quinto dia do mês de Tishri, duas semanas após Rosh Hashanah(Ano Novo judeu), e 5 dias após o Yom Kipur)Dia do Perdão)  e, usualmente, cai final de Setembro ou princípio de Outubro. As 4 primeiras festas, Páscoa, Pãos Ázimos, Primícias e Pentecostes eram ensaio para o que viria mais tarde. A palavra santa convocação, também significa encontro ou ensaio, Deus manda o povo celebrar ou ensaiar por 1500 anos, para Yeshua vir na plenitude dos tempos. Deus não se atrasa e não se adianta, Ele vem no momento correto e na estação certa e há um tempo determinado para todas as coisas.

Assim como na festas de primavera há um significado profético apontando para a primeira vinda de Yeshua, também as festas de Outuno irão apontar para a segunda vinda do rei dos reis, do senhor dos senhores, porém entre elas há o verão, que é tempo de preparação de Israel e da igreja, é tempo de santificação, de preparo, de ensaio, ainda é verão em nossas vidas(Hb.12:11-15- E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.12-Portanto, tornai a levantar as mãos cansadas, e os joelhos desconjuntados,13 – E fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que manqueja não se desvie inteiramente, antes seja sarado.14 – Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;15 – Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem). Então vamos a elas:

1ª Yom Teruah ou Rosh Hashanah(Festa das Trombetas): Este tempo é o tempo mais santo para o povo judeu, pois estas três festas acontecem em apenas 15 dias, a primeira festa das Trombetas, dá início ao ano civil, trombetas(Yom teruah em hebraico) é uma celebração ao chamado de Deus ao seu povo, anunciando a sua voz e a segunda vinda do Messias. A trombeta apresenta o filho do homem vindo em grande glória para receber seu povo e ressuscitar os mortos(Mt. 24:30/31).

2ª Yom Kipur(Dia do Perdão): É o dia do arrependimento para todos, para o individuo e para a comunidade, é o tempo do perdão para Israel e acontece 10 dias após o Yom Teruah. A expiação é muito mais elevada que aquela conseguida através do arrependimento, pois neste dia os judeus e Deus são um, o judeu se une a Deus para revelar um vinculo intocável pelo pecado, sem obstáculos, pois creem que os céus estão abertos e acontece o Teshuvá, que é o arrependimento completo e o retorno ao caminho certo, ou seja, o retorno do judeu ao bom caminho, através deste arrependimento, de jejum e de busca a Deus. Também fala do tempo que Deus tratará com Israel na Grande Tribulação.

Se em todas, as primeiras festas de primavera Deus cumpriu certinho , sendo que as 4 primeiras apresentavam e anunciavam a 1ª vinda do Messias , as 3 últimas falam do que? Da segunda vinda de Yeshua.

3ª Tabernáculos: Fala de Jesus para vir governar com a sua Igreja. Então temos que entender que tudo aponta para a vinda do cordeiro de Deus para buscar a sua igreja. A cultura hebraica é diferente da nossa, o hebreu olha para o passado e caminha para o futuro, quando Deus manda o povo festejar Tabernáculos, ele olhavam para o tempo que peregrinaram no deserto, morando em cabanas(Sukah), onde um percurso de uns 11 dias, 20 dias, 1 mês, levou 40 anos, por causa da dureza do coração do povo, mas em todos os momentos Deus foi fiel para com o seu povo e durante todo este tempo as vestes não se rasgaram, as sandálias não estragaram e houve a provisão divina para todo o povo. Então eu olho para o passado e lembro dos erros que eu cometí e decido hoje no presente, não cometer mais e assim mudar o meu destino no futuro. Lembrem-se que Eu o Senhor sou fiel, mesmo não tendo um povo muito fiel a mim.

Fazer cabanas para lembrar o tempo que vocês peregrinaram no deserto, vocês vão morar em casas, que não construíram, vão beber água que eu provisionei para vocês, mas lembrem que eu guardei vocês no deserto e se vocês forem fiéis, eu também serei fiel prá vocês. Nas cabanas eram cobertas de folhas de palmeiras, de árvores frondosas, haviam frestas em que era possível olhar para o céu, para as estrelas e lembrar que Deus nos guardou, nos guarda e nos guardará.

Conclusão: O presente é aqui e agora, o passado me trás experiências do que eu fiz de bom e de ruim, para me arrepender dos meus erros e hoje eu tomo decisões importantes que vão direcionar o meu futuro. Hoje eu tomo as decisões e me entrego a Deus, pois Dele é o meu futuro. Deus é um Deus que cumpre sempre as suas promessas. A tua benção está demorando? Confie Nele e Ele cumprirá os desejos do teu coração. Durante 7 dias eles celebravam. Havia festa todos os dias, toda manhã os sacerdotes numa vasilha de ouro vestidos a caráter indo buscar água no tanque de Siloé e no sétimo dia, eles faziam esse ritual 7 vezes. O povo festejava e cantava, celebrando ao Senhor e cantando, e eles cantavam nós beberemos da fonte de água da salvação, nós beberemos das fontes de salvação. No oitavo dia o sacerdotes ia até as fontes de Siloé e a multidão iam balançando os ramos e o sacerdote com aquela vasilha de ouro subia no altar e derramava sete vezes, no hebraico água é may e salvação é yeshua, então eles diziam “Nós beberemos das fontes de águas de Jesus” e de repente Jesus aparece alí e diz: (Jo. 7:37-38 – E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.38 – Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre). Jesus é a única esperança para toda a humanidade, sem Ele estaremos perdidos e é Ele que por a nós taberculou conosco e virá nos buscar para termos a Vida Eterna ao seu lado. Amém.