Jeremias o profeta chorão.

Texto: Lm. 3:21:21- Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei.

Início: O profeta que escreveu esse livro foi um homem extremamente usado por Deus.

Jeremias foi chamado de o profeta chorão, pois muitas vezes
profetizou em desfavor de Israel por causa de seus desvios e se afligia por que
desejava que Deus poupasse seu povo.

Jeremias relata a historia da destruição de Jerusalem e a
sua situação após o cativeiro de Nabucodonosor.

Fala do cumprimento de Deuteronomio 28:36 onde se fala sobre
a maldição por causa da desobediência. O povo Israelita por saber que era um
povo escolhido se achava no direito de se desviar dos caminhos por achar que
Deus sempre os perdoaria, e de fato Deus sempre perdoa o que eles não entendiam
eram que iriam colher as conseqüências desse desvio .

Creio que Jeremias parou, olhou para aquela destruição
toda  e começou a trazer a memória dele
aquilo que trazia esperança a ele naquele momento de tristeza e dor.

Logo penso, que o fato de estarmos firmes e corretos diante
do Senhor não nos poupará de sofrer ou de derramarmos algumas lágrimas quando
olho para a vida desse profeta.

Nós não somos blindados de chorar ou sofrer quando
entendemos que mesmo nas dores existe um propósito.

A palavra de Deus é repleta de  homens que como Jeremias  se afligiram, que sentiram tristezas, foram
atribulados mas não angustiados, perplexos mas não desanimados, abatidos mas
não destruídos porém em tudo deixaram que a luz resplandecesse através de suas
vidas sabendo, que  a excelência  do poder era de Deus e que eles eram apenas
instrumentos do Pai em todo o tempo e que a vida deles cumpriria um propósito
maior.

Quando compreendemos que a dor não define quem nós somos,
podemos enxergar além.

Jeremais disse: que iria trazer a memória aquilo que podia
lhe trazer esperança, muitas vezes nos não fazemos isso em meio as nossas
batalhas diárias aos gigantes que vem 
nos afrontar por diversos momentos e esquecemos do tamanho do nosso Deus
e focamos no problema…e o problema vira literalmente a meta diária e
esquecemos quais são as nossas armas poderosas.

Esquecemos daquilo que o Senhor já fez por nós.

Muitas vezes estamos passando por problemas familiares e só
falamos do problema e esquecemos das palavras, promessas esquecemos de trazer a
memória do que Deus falou a cerca de nossa família, de nossos filhos, da nossa
vida financeira e etc….

Hoje quero te encorajar a lembrar a trazer a memória de tudo
o que Jesus já fez por vc….pela sua família …

Lembre-se de quantas vezes o Senhor te vestiu, te alimentou,
te abençoou te deu amor, protegeu e consolou. Lembre-se das provas que vc já
passou das pequenas vitoria e das grandes também.

A esperança nos motiva.

A bíblia relata muitos casos de pessoas que tinham tudo para
dar errado se fossem olhar para o problema.

Abraão era velho demais para ter filhos mas, lembrou-se da
promessa que iria ser pai de multidões , Davi foi rejeitado pela sua família e
pelo profeta, Gideão era o menos da sua casa e venceu os midianitas somente com
um exercito de 300 homens.

Jesus suou gotas de sangue no Getsemani foi angustiado  mas, Deus o exaltou e ainda lhe deu um nome
que estava acima de todo o nome.

Traga a memória a nuvem que trazia refrigério para o povo
enquanto caminhavam sob o sol escaldante do deserto e a noite lhes aquecia com
uma  coluna de fogo.

Conclusão: Traga a memória quem é Deus e todo os seus benefícios e vc verá que  tem muito mais para se alegrar do que para se entristecer.

Lembre-se que com Deus até os desertos viram lugar de milagres, provisões , cura e paz… Deus os abençoe.

Autora: Fabiola.