O Senhor é o nosso sustento

image_pdfimage_print

Texto: Sl. 3: 5. Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou. 6. Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam. 7. Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios. 8. A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção.

Início: Será que os nossos sentidos continuam em atividade quando pegamos no sono? Esta já de algum tempo era a minha curiosidade, porque depois que eu durmo, não sei vocês, mas eu não vejo mais nada, não cheiro mais nada, não pego em mais, nada, , não ouço, mais nada e pasmem, não sinto o gosto de mais nada. Mais eu te repondo, sim, todos os nossos sentidos continuam em plena atividade – e muito bem, diga-se de passagem. “Antigamente, a crença era que os sentidos se desligavam enquanto dormíamos”. Mas testes recentes indicam que as regiões do sistema nervoso central responsáveis pelo tato, visão, olfato, audição e paladar recebem estímulos nervosos normalmente, afirma o neurologista Sérgio Tufik, da Unifesp. Acontece que, durante o sono, as áreas do cérebro que interpretam as informações do mundo exterior ficam menos receptivas. Por causa disso, as reações do dorminhoco são bem mais reduzidas. “A pessoa sente tudo, mas, como está em um estado de consciência diferente, suas respostas aos estímulos serão menores”, diz Sérgio. Durante uma soneca, o nível de alerta do organismo varia em cada um dos ciclos do sono. Conforme o tempo passa, as ondas cerebrais se tornam progressivamente mais lentas e fica mais difícil acordar. Na fase de sono profundo ocorre o chamado sono REM (sigla em inglês para “movimento rápido dos olhos”).

Nesse estágio, que dura meia hora e se repete até cinco vezes por noite, os músculos estão completamente relaxados e o corpo está pronto para sonhar. O curioso é que durante o sono REM qualquer estímulo aos sentidos pode transformar o sonho. Uma borrifada de água pode trazer pesadelos com uma tempestade, por exemplo. “Mas como estamos em um outro grau de consciência não lembramos do que ocorre, a não ser que despertemos. Eu mesmo já atendi o telefone enquanto dormia. Pela manhã, podia jurar que nem tinha falado”, diz Sérgio. O mesmo vale para os sonâmbulos, capazes de proezas como abrir os olhos, bater um papo-cabeça e até fazer uma boquinha na geladeira enquanto dormem. Mas, no dia seguinte, não se lembram de nada. Nessa situação, todos os sentidos estão ativos, mas em outro mundo que não o dos acordados.

Independente disto naturalmente falando é completamente inexplicável o que acontece conosco durante o sono, e uma das melhores descrições para isto é comparar a morte, quando desligamos aqui e abriremos os nossos olhos para uma outra dimensão, que é a espiritual e a eternidade, com Deus ou sem Ele, dependendo de nossas decisões aqui nesta terra. Então quero nesta noite de incentivar a prosseguir colocando toda a sua vida nas mãos do Senhor:

  1. a) 1:19- E pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque eu sou contigo, diz o SENHOR, para te livrar: O Senhor tem uma aliança com você, afinal você tem sido um representante do seu reino, então não duvide, não faça como Pedro que duvidou, ou melhor faça ssim como Pedro, olhe prá Jesus e ande sobre as águas.
  2. b) II Samuel 22:3 – Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas: Houve três anos de escassez na terra na época de Davi porque Saul perseguiu e matou os gibeonitas, sendo que não era prá fazer isto, e Davi perguntou a eles o que era necessário para que não houvesse mais contenda entre eles e foi pedido sete homens da família de Saul e Davi os entregou e sessou a praga no meio do seu povo e ai Ele se refere a Deus como o seu rochedo, escudo, seu alto retiro e o seu retiro bem forte. Este é o Deus de Davi este também o teu Deus.
  3. c) 34:15 – Os olhos do SENHOR estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor: Vale a pena confiar num Deus que não é feito por mãos de homens, um Deus que não é feito de louça ou de cerâmica, mais é um Deus que tem todo o poder e trabalha ao nosso favor, nós que já herdamos a salvação. Ele como um pai protetor, os seus olhos estão sempre sobre nós, os justos e os seus ouvidos sempre está atento ao nosso clamor. Entregue a sua vida a Ele e Ele cuidará bem de você.
  4. d) 12:24 – Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves?: Quantas vezes achamos que Deus tem se esquecido de nós? Quantas vezes a dúvida nos assola a mente e queremos, ou melhor, achamos que devemos fazer alguma coisa para dar uma mãozinha para Deus? Tudo que o homem mete a mão dá B.O. porque Deus é perfeito e seus designios são eternos. A bíblia diz: Pode uma mãe esquecer de um filho que ainda mama, todavia Ele não se esquece de cada um de nós.
  5. e) Sl. 27:1- O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O SENHOR é a força da minha vida; de quem me recearei? Estamos vivendo dias que se não olharmos e confiarmos em nosso Deus estamos fadado a derrota e ao fracasso, porque tudo conspira para o mal: a violência, a economia, o homem, etc. Mais nós que recebemos o maior presente de Deus para a nossa salvação, Yeshua, não podemos mais temer, porque Ele está conosco e esta é uma aliança de vida eterna, de transformação de espírito, alma e corpo, para nos dar o que merecemos, a vida Eterna.

Conclusão:  Hoje o Senhor te trouxe aqui para trazer a tua memória muitas coisas que já está prometido para você e pela fé já se tornou real em tua vida. Ele tem te sustentado, porque você foi justificado pelo sangue de Jesus, e há uma marca em tua vida. Toda casa que havia a marca do cordeiro no Egito, não houve morte de primogênito e sim celebração, porque antes de aspergir o sangue nos umbrais das portas, Deus mandou que se alegrassem e celebrassem em família. Hoje nós somos essas casa, somos marcados pelo sangue de Yeshua e por isto o inimigo não pode nos tocar. Para todo o Egito ouve choro e morte, mais para aquele que creu na vontade de Deus, ouve o sustento vindo da parte de Deus. O medo pode até abater a tua vida, e te deixar acuado, amuado num cantinho qualquer, mas temos a marca da promessa, e Ele o Senhor dará ordem ao seus anjos ao nosso respeito e nós seremos sustentados por Ele. Amém