Eu me rendo a ti Senhor

image_pdfimage_print

Texto: Atos 9:1-14- E SAULO, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do SENHOR, dirigiu-se ao sumo sacerdote.2 – E pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, se encontrasse alguns daquela seita, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém.3 – E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu.4 – E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?5 – E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.6 – E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que eu faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer.7 – E os homens, que iam com ele, pararam espantados, ouvindo a voz, mas não vendo ninguém.8 – E Saulo levantou-se da terra, e, abrindo os olhos, não via a ninguém. E, guiando-o pela mão, o conduziram a Damasco.9 – E esteve três dias sem ver, e não comeu nem bebeu.10 – E havia em Damasco um certo discípulo chamado Ananias; e disse-lhe o Senhor em visão: Ananias! E ele respondeu: Eis-me aqui, Senhor.11 – E disse-lhe o Senhor: Levantate, e vai à rua chamada Direita, e pergunta em casa de Judas por um homem de Tarso chamado Saulo; pois eis que ele está orando;12 – E numa visão ele viu que entrava um homem chamado Ananias, e punha sobre ele a mão, para que tornasse a ver.13 – E respondeu Ananias: Senhor, a muitos ouvi acerca deste homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém;14 – E aqui tem poder dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.

Início: Quantas e quantas vezes nós temos feito votos para a nossa própria vida e também para o Senhor e não temos cumprido? Até parece que queremos que o Senhor não leve em consideração aquilo que no secreto falamos a Ele, mais eu quero te dizer uma coisa, o Senhor sonda os nossos pensamentos e Ele leva em conta sim e quer que tudo que a gente decide fazer a favor da sua obra e em gratidão a salvação que cada um de nós recebemos Dele, façamos como prova da nossa gratidão a Ele.

Vemos através do texto acima que um homem chamado Saulo e que o seu nome significava (O desejado) e que era essencialmente religioso em toda a sua conduta, e com isto perseguia os cristãos, achando que com isto estava agradando a Deus, porque era um fariseu e cria em anjos, na vida pós morte e na ressurreição dos mortos. Então podemos imaginar que Saulo fazia todas as atrocidades contra os cristão, ou aqueles que eram do “Caminho” com o objetivo de conquistar a sua salvação. Muitas vezes nós agimos assim, porque para os homens é difícil crer que a nossa salvação não é pelas obras, alías é sim pelas obras, de Jesus Cristo, aquele que entregou a sua vida em nossa redenção.

Paulo quando estava indo na estrada de Jerusalém para Damasco, tendo em suas mãos autorização da liderança religiosa, prá prender e até matar os crentes, teve uma experiência sobrenatural com Jesus, pois veio uma luz tão forte que ele não se manteve em pé, e Jesus disse pra Ele: Saulo, Saulo, porque você me persegue? E ele respondeu, quem és tú Senhor? E aquela voz lhe disse: “Eu sou Jesus a quem você está perseguindo” Dura coisa é para você continuar nesse caminho, dura coisa é para você viver no engano, dura coisa é para você achar que com toda essa religiosida, você vai conquistar um lugar no céu.

Ali Saulo entendeu que a religião não seria capaz de salvá-lo, e que tudo o que ele tinha feito, não o tornaria um escolhido para o Reino de Deus. Saudo ficou cego e ficou em jejum e oração por 3 dias, até que Ananias, movido por Jesus Cristo, foi até a casa onde ele estava, orou por ele e toda a escama dos seus olhos caíram por terra, e ele pode ver e entender as verdades do Reino de Deus, e então ele se tornou Paulo( o pequeno) porque agora a grandeza de Cristo era prioridade em sua vida.

Conclusão: É fácil nós criticarmos as atitudes de Saulo, mais é difícil a gente olhar para dentro de nós e vermos que muitas vezes também temos atitudes religiosas e que não estão agradando a Deus. O sacrificio que o Senhor nos pede, é um espírito reto e um coração limpo. Vamos orar assim: Senhor meu Deus e meu Pai, neste instante eu quero que toda a religiosidade, caia por terra da minha vida, eu não quero mais viver no engano, vivendo uma vida religiosa e sem a tua Graça. Eu me arrependo de tudo que tenho feito de errado. Espirito Santo, me conduz a experiências novas na tua presença e assim como aconteceu com Ap. Paulo, também aconteça comigo, em nome de Jesus, Amém.         

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *